Sobre o desastroso texto da Veja ridicularizando Patricia Arquette

Blog da Milly

Estava ontem me preparando para assistir o Corinthians jogar quando vejo no Twitter a matéria que a Veja fez sobre o discurso de Patricia Arquette na premiação do Oscar. Arquette, como quase todo mundo sabe, subiu ao palco e disse que mulheres e homens devem ser igualmente remunerados, e levou Meryl Streep ao delírio na plateia.

Um discurso apaixonado e cheio de justeza, desses que deixa a gente pensando quem poderia se opor. Bem, aparentemente a Veja. Pior: além de se opor a revista achou razoável debochar do pedido de Arquette num texto que é um imenso reservatório de preconceito, ignorância e misoginia; um texto que ofende, diminui e humilha todas nós.

Na mesma hora minha amiga Rachel Juraski começou a organizar um texto-resposta à matéria, e ao lado do grupo feminista Talk Olga, do qual atua aqui como porta-voz, soltou a nota que eu reproduzo abaixo, pedindo que repassem se puderem.

Antes, deixo…

Ver o post original 1.261 mais palavras

Recalculando

Ninguém imagina o fim das coisas. Mas ele chegou. O fim da campanha chegou. Mas veio com um bom motivo, por um bom propósito, em um bom tempo, de uma boa forma. Não porque todas as coisas deram certo, não porque foi o mais bonito de todos… Não, não foram. Mas foi bom nessas coisas porque não confiamos em nós mesmos, e Deus estragou nossos planos para que ele viesse a tomar conta.
A formatura de nossos participantes aconteceu no Parque da Cidade, um ponto turístico e muito bonito que fica na capital federal.

SONY DSC

SONY DSC

SONY DSC

O fim de um processo vem para que outro se inicie. Quando alguém se forma, é para que venha aplicar seus conhecimentos dentro da sociedade. E é isso que esperamos de nossos participantes. Nossos filhos, sobrinhos, amigos, irmãos. Nossos irmãos, e eternos irmãos, pois aprendemos a agir no mesmo espírito, no mesmo corpo e na mesma comunhão.

Foram 13 dias de laços. 13 dias de aprendizado, exortação, restauração. Um processo resumido em menos de duas semanas, que esperamos que resulte por toda a vida. Não sabíamos se chorávamos ou sorriamos. Mas o momento seguinte era de nos despedir. Nos separamos. Mas o espírito permanece.

Deus tem um tempo para todas as coisas. E o tempo foi bom. E é bom.

.

O King’s Kids 2014 foi um tempo de recalcular a rota do homem em Deus.
E esse é o início de um novo caminho, em uma rota recalculada.

SONY DSC

Beijos, da família King’s Kids.
JOCUM DF.

O dia antes do seguinte…

Olá pessoal. Estão curiosos sobre nossos últimos dias? Ai vai então:

No dia 12, pela manhã, tivemos uma conversa muito interessante sobre Respeito e qual as relações sociais e nossa responsabilidade com isso. Essa aula foi dada pela líder da campanha, a Binha. Foi muito interessante, pois tratamos de uma realidade que muitas vezes é ignorada: bullying, machismo, sexismo etc. Abrimos um espaço legal para uma conversa e debate, onde todos opinavam os pontos levantados.

Pela tarde dividimos em dois grupos. A família Aquino Ramos, em maioria os participantes mais velhos, se dirigiram para a Torre de TV de Brasília (um ponto turístico da capital, próxima ao estádio) para realizar o evangelismo criativo. Foi bom, pois lá estavam muitos estrangeiros que vieram ver o jogo do Brasil vs Holanda, que aconteceria no estádio ao lado.

??

??

As outras duas famílias, Arrais Tavares e Tavares Duarte, se dirigiram para um asilo, onde puderam ter um tempo de qualidade com os idosos que ali residiam. Nesse tipo de ação, não só os meninos têm algo a dizer, mas têm muito a receber também, ouvindo a história, os motivos, a experiência de vida que esses senhores podem transmitir.

??

Ao anoitecer, depois do jogo, participamos do culto de jovens na Igreja Metodista da L2, lá mesmo no local em que estávamos. Apresentamos algumas peças de nossa bateria para os jovens da igreja, e depois a ministração foi dada pelo obreiro Lucas Roberto, que falou sobre o Processo da Salvação no ponto de vista do homem. Foi uma palavra de exortação sobre nossa vontade. Se tem algo que devemos fazer para sermos salvos é ouvir o que Deus tem nos dito, e não nos preocupar em ficar procurando caprichos momentâneos da vida, sobrepondo nossa vontade ao invés da única e boa vontade.

??

De noite o clima estava demonstrando o que viria. Uma alegria extrema e uma profunda ansiedade, porque o dia seguinte seria o último. Nossas respirações estavam suspensas. Mas o tempo, em cada coisa, é bom.

Compartilhando através do esporte

Olá pessoal. Já estamos chegando ao fim da campanha e a correria tem sido grande nesses dias de prático mas estamos correndo pra mante-los informados sobre tudo o que está acontecendo. Ontem realizamos algo que Deus já havia compartilhado ao coração dos participantes no início do prático, o poder evangelizar através do esporte.

Ontem pela manha tivemos um treinamento sobre o Kids Games, com o pessoal da igreja Exercito de Salvação. O Kids Games é um projeto que tem como objetivo compartilhar princípios cristãos através de brincadeiras. No treinamento, os participantes aprenderam as brincadeiras e a como aplicar cada uma a nossa vida crista.
Na parte da tarde, fomos para a Ceilândia e colocamos em prática tudo quilo que tínhamos aprendido durante o período da manha. Os participantes foram divididos em duplas e foram responsáveis por monitorar as atividades e os grupos de crianças que estavam participando dos jogos.
SONY DSC
Foi muito gratificante poder ensinar aquelas crianças levando diversão e alegria e também a maneira como os participantes do King’s Kids se dedicaram e se empenharam para dar o melhor para as crenças e ensiná-las. Ver o crescimento e todas a mudanças que aconteceram na vida de cada um é realmente algo impagável.Muito obrigado a todos que estão orando por nós e acompanhando o blog.

SONY DSC

É visível para nós

Olá pessoal. Estamos raspando no fim da campanha. Hoje vamos atualizá-los com algumas informações durante o dia. E, bem, vamos começar falando de como foi o décimo dia de campanha.

Esse foi um dia atípico (se é que é possível ter um dia normal na campanha, haha). Nos mobilizamos para fazer um trajeto de mais de uma hora e meia na estrada para servir em um projeto em uma comunidade carente no entorno de Brazlândia. Ressaltei essas características porque uma coisa isso me ensina: muitas vezes Deus nos instrui a um serviço nas sociedades, mas nos sentimos limitado. Achamos que o caminho é longo, as coisas começam a dar errado, e, cada vez mais, nos sentimos limitados. Mas Deus nos atrai para sua liberdade, e quando estamos nela nós somos capazes de tudo, de tudo suportar, e de tudo fazer, dentro da vontade de Deus.

001

Lá estavam aproximadamente 130 crianças das comunidades próximas, em uma espécie de colônia de férias para onde elas poderiam ir para não ficarem ociosas e se libertarem um pouco da rotina que para muitas delas, que pode ser algo destruidor. Fomos lá ajudar, mostrar um pouco de artes e demonstrar pra eles que os amamos. Amamos porque Deus nos ama, e os ama também. Tivemos tempo de qualidade com eles e realizamos algumas brincadeiras. Tem como não se divertir com a inocência e incrível dependência e, ao mesmo tempo, com a incrível liberdade de muitas crianças?

Ao anoitecer voltamos para nossa base de campanha. E a turma da ESCART (escola de cultura e arte, da jocum) estava esperando os participantes. Esse grupo aqui no DF está em seu tempo prático (assim como a galera da campanha). Eles também realizam trabalhos nas comunidades indígenas. Eles vieram apresentar um pouco de seu trabalho, em uma apresentação que envolvia teatro, circo e dança. Depois eles realizaram uma oficina de circo com os participantes. E para muitos foi algo maravilhoso.

00

O caminho pode ser longo, mas eles ainda estarão lá. O que é invisível para a sociedade não pode ser invisível para nós, porque não é invisível para Deus.

pracinha da resistência e sopão na rodoviária

Bom dia amigos que estão acompanhando este blog, mediante a muitas correrias neste tempo de prático, ficamos 2 dias sem poder atualizar aqui, mas hoje mesmo vamos tentar postar tudo que aconteceu nesses 2 dias, certo?

No dia 9 de julho nós fomos em 2 lugares. Primeiramente na parte da tarde nós fomos para a praça da resistência lá na Vila Telebrasília, uma satélite bem pequena e simples, onde nesta praça as crianças sempre estão lá, ou andando de skate, ou brincando no parquinho e etc… Fizemos algumas apresentações de teatro, dança e circo, e ainda no final fizemos a brincadeira do “coelho sai da toca”. Foi um tempo de qualidade rápido mas temos certeza que as criancinhas lá curtiram muito, não temos dúvidas de que a semente foi plantada.

Já na parte da noite nós nos deslocamos para a rodoviária do plano piloto, um local onde tem uma concentração muito grande de mendigos. Chegamos lá e fomos chamando todos eles pois nós serviríamos uma sopa deliciosa preparada pela equipe de obreiros do kings kids, e também distribuiríamos cobertores para eles, a maioria deles foram, conversamos com todos eles, foi uma experiencia marcante para muitos dos participantes pois muitos nunca tiveram contato com moradores de rua.

Estamos quase ao fim da campanha, com uma satisfação imensa em ver a metanoia que tem acontecido com muitos, muitos estão enxergando as problemáticas do mundo com um olhar missionário, gloria a Deus por isso.

Por enquanto é só galera, fiquem com Jesus, continuem orando por este tempo aqui.

 

Mãos à obra

Oi pessoal !!!! Ontem foi nosso primeiro dia de prático e antes de sair às ruas tivemos uma oficina de evangelismo criativo e um tempo de oração pedindo para que Deus nos mostrasse quais estratégias deveríamos usar. Vários participantes sentiram que uma das formas de compartilhar o amor de Deus esses dias seria através do esporte.

A partir dessa ideia começamos a confeccionar materiais para realizar um pequeno campeonato de futebol com as crianças que encontraremos nesses dias de prático, com a finalidade de criar um tempo de qualidade e poder compartilhar sobre Deus, pois nosso amor vai além do futebol.

DSCN9540

Na parte da tarde visitamos a Casa de Paternidade, na comunidade Santa Luzia na Estrutural,ali convidamos as crianças da vizinhança para assistir a uma série de apresentações. Para nosso participante Kristopher, esse tempo foi mais do que uma apresentação, foi uma forma de levar felicidade para aquelas crianças e disse que o melhor foi ver o sorriso de cada uma delas.

DSCN9658

De noite tivemos um tempo de brincadeiras pra que os participantes e obreiros tivessem um momento de descontração e comunhão.Durante essa semana iremos a vários lugares para compartilhar a palavra de Deus através das coreografias, portagens circenses, peças de teatro e tudo o mais que aprendemos aqui durante o tempo teórico. Agradecemos por todas as orações e pedimos que continuem orando por nós.

DSCN9546

Há tempo para todas as coisas

Olá pessoal. Estamos muitos felizes, pois aqui tem sido um tempo maravilhoso. No último sábado acabou o tempo que chamamos de “teórico”, que é o tempo em que os participantes estão tendo ministrações de cura, estão aprendendo as estratégias nas oficinas de artes e recebendo de Deus o que Ele tem a lhes dizer.

No domingo pela manhã todo pessoal do King’s Kids arrumou suas malas para ir passar dois dias na base da JOCUM DF. Acordamos cedo e colocamos o pé na estrada. Lá na base, ainda pela manhã, realizamos nossas primeiras apresentações, mostrando o resultado de tudo que aprendemos (teatros, danças, circo e percussão). Essa foi a apresentação pra Deus, a entrega das primícias de nossos trabalhos pro nosso Pai.

00No domingo pela tarde tivemos aula sobre evangelismo com nossa obreira Juliana Tavares. Foi um tempo legal em que eles aprenderam sobre bons métodos e abordagens mais acolhedoras e amorosas com quem quer que seja. Depois dessa aula fizemos um treinamento/ encenação: alguns obreiros interpretaram personagens de tribos urbanas diferentes, e os participantes utilizavam o que aprenderam para evangelizá-los. Foi bom, pois tiraram muito aprendizado disso.

A JOCUM, sendo internacional, sempre tem uma abordagem que dialoga com as nações, por isso ao anoitecer iniciamos nossa festa com o tema Nações. Foi ótimo ver as fantasias diversas e a grande criatividade de muitos, que conseguiram transformar cobertores, lençóis e tinta guache em vestimentas semelhantes a de outras nações. Dança, comida, risadas e comunhão. Resumindo: uma ótima festa.

 02

01

No dia seguinte, segunda (dia 07), o tempo foi praticamente livre. Era a folga que estávamos precisando. Pudemos nos divertir, descansar, ter comunhão. Foi algo bom, e vimos que todas as coisas, inclusive a folga, cooperam para indicar aos participantes o caminho de Deus. Eles puderam conhecer um pouco da nossa base e aproveitaram todo o espaço, piscina, futebol, jogos, almoços e lanches em grupos. Tudo foi ótimo, e anoitecer nos arrumamos para voltarmos pro nosso local de campanha em Brasília.

02b

 

Fomos ministrados. Fomos confrontados. Reconhecemos nossas feridas e elas nos direcionaram para o caminho do Curador. Agora queremos fazer o mesmo com outras pessoas. Por isso hoje, dia 08 (terça), iniciamos nosso tempo de prática nas ruas. E que o Senhor esteja conosco em todos os momentos.

Obrigado pelas orações e fé, é muito importante. Continue acompanhando. Estamos muito felizes e gratos pela graça de Deus. Vocês também estariam se vissem, a cada dia, o sorriso de nossos participantes ficarem mais leves e lindos.

03

Perdão e Paternidade caminham juntos…

Ola galerinha que tem acompanhado nosso blog temporário do King’s Kids em Brasília, fico feliz em saber que tem pessoas acessando o blog, isso nos motiva a continuar escrevendo mais pra vocês 😀

Esses últimos 2 dias foram dias muito especiais, Alem das oficinas de percussão, circo, teatro e dança, estarem quase finalizadas a pronto de podermos apresentar-las no prático, tivemos uma aula de perdão com a e tia Iara Tavares daquelas de deixar todo mundo muito sentidos em relação ao perdão em nossas vidas, foi um momento muito especial, vimos que o perdão é algo essencial para praticarmos em nossas vidas se quisermos prosseguir nessa caminhada com Jesus.

E tivemos também aula de paternidade com o tio Adílio Gomes, outra aula também muito especial pois nos ensina muita coisa sobre nossos Pais terrenos e o nosso Pai de verdade, Deus. Muitas vidas foram tratadas nesses últimos 2 dias, estamos muito felizes em ver os participantes de coração aberto para aprender mais sobre o reino de Deus, buscando crescer em Cristo de verdade.

No mais é isso galera, obrigado por orarem por nós, continuaremos postando mais sobre a campanha, Deus abençoe a vida de cada um de vocês 🙂

King’s Kids é aprendizagem

Olá pessoal, já estamos no nosso terceiro dia de campanha do King’s Kids. Ontem durante o período de intercessão falamos sobre os sete princípios da oração, onde aprendemos a
calar nosso eu, ouvir a voz de Deus e orar por aquilo que Ele queria que orássemos. Como de costume , tivemos a oficina de dança e percussão e já quase aprendemos duas coreografias com a tia Laura. Tem sido um tempo muito divertido e de muita aprendizagem.

Pela tarde, a Oficina de Circo contou com a participação do missionário Adílio da Jocum DF, que ensinou o pessoal a como fazer portagens circenses. Todos ficaram muito empolgados com essa atividade e também surpresos com a sua própria capacidade, pois no começo alguns ficaram receosos e com medo de se machucar, mas no final vira que trabalhando em equipe deu tudo certo.

 DSCN9093

 

      SONY DSCDepois do jantar, tivemos um momento com as famílias onde falamos sobre o que era Temor do Senhor e aprendemos que temer não é ter medo mas respeitar e obedecer por amor. Após essa conversa tivemos um tempo para conversar e brincar em família. A família Arrais Tavares fez uma caça ao tesouro, onde eles tinham que trabalhar em unidade para conseguir superar os obstáculos e encontrar o tesouro, a família Aquino Ramos fez um lanche e algumas brincadeiras, como adedonha e jogos de improviso. Então, esse é um pequeno resumo do nosso terceiro dia.

Continue nos acompanhando pelo Blog e pela pagina no Facebook da Jocum DF e orando por nós. Muito obrigado 🙂